Series que vejo - Método de Kominsky


Boas pessoal e bem vindos a mais um post!

Há uns tempos estava a pensar nas series que eu começo a ver (as que começo a ver e vejo até ao fim) e pensei "porque não fazer conteúdo sobre isso e dar a minha opinião sobre algumas series que acho interessantes" então aqui está, esta espécie de rubrica sobre as series que eu vejo.

Quantos de vocês é que já andaram a pesquisar por series para verem e com isso começaram várias mas não passaram do primeiro episódio em nenhuma delas? Eu já fiz isso muitas vezes ahah muitas vezes mesmo.

Venho-vos falar de uma serie que encontrei nos destaques da Netflix que comecei a ver e quando dei por mim já estava terminada. Como todos sabemos a Netflix têm nos trazido muito boas series (obrigado Netflix) e esta é só mais uma!


O Método de Kominsky

Já tinha reparado na capa da serie várias vezes até que decidi ver o trailer, achei interessante e comecei a ver. O que aconteceu foi que fiquei agarrado de alguma maneira, o que é inédito.



É uma comédia criada por Chuck Lorre e protagonizada por Michael Douglas e Alan Arkin, segundo o que pesquisei a série foi nomeada para os Globos de Ouro 2019 na categoria de melhor serie de comédia assim como o Sr. Michael e o Sr. Alan nas categorias de melhor ator e melhor ator coadjuvante, a serie ganhou o globo de melhor serie e  Michael Douglas ganhou o de melhor ator. Alan Arkin ficou apenas pela nomeação injustamente, na minha opinião.



Para quem não sabe Chuck Lorre é criador de séries como Two and a Half Man, The Big Bang Theory e Young Sheldon que é a mais recente, por isso como é de esperar o Metodo de Kominksy já começa com a fasquia bastante elevada.

Segundo uma entrevista ao El Pais, Lorre disse que queria escrever sobre o que estava a passar que é o facto de envelhecermos e todas as consequenciais e efeitos secundários que isso pode trazer, a todos os níveis.

Na minha opinião a serie está muito boa, trata temas muito delicados e que à primeira vista nunca seriam motivos para rir ou nunca seriam os melhores temas no que toca a comédia, temas como doenças, mortes, filhos problemáticos e também problemas económicos mas o realizador conseguiu criar uma comédia inteligente a partir disso o que é simplesmente genial.




É uma comédia mais soft e mais inteligente diria eu, uma espécie de comédia em forma de drama ou drama em forma de comédia e não foi o facto de ser comédia que me fez agarrar à serie, foi mais a parte do drama. Ver como as duas personagens principais passaram por vários problemas sempre com o apoio um do outro, o que me traz se calhar à principal razão porque vi a serie toda, a amizade. E foi assim que Chuck Lorre resumiu a serie na entrevista que deu ao El Pais dizendo que "É uma carta de amor à amizade".

E é mesmo, trata-se de uma amizade de décadas e o que vemos na historia é que essa amizade não se abala com nada, para mim não há nada mais bonito que isso. No meio de tantos problemas e em fase de envelhecimento estes dois amigos da série, estas duas personagens, conseguem ter o sangue frio para brincar com as situações pelas quais estão a atravessar.



Afinal certos problemas acabam por ficar maiores dentro da nossa cabeça por vezes se os encarássemos de outra forma seria muito melhor para a nossa sanidade mental, esta foi uma das duas conclusões que eu tirei ao ver a serie. A segunda foi que os amigos são mesmo a família que nós escolhemos.

Aconselho toda a gente a ver a série, não se vão arrepender.
Digam-me lá, que séries é que têm visto ultimamente?

Fiquem por ai.
Fábio Capitão









Comentários

  1. series nao conclui muitas mas gosto sobretudo de series ao estilo de prision break e da casa de papel, agora neste momento ando a ver a serie chamada ''the passage'', mas nao sei se sairá na netflix pois estou a ver pelo canal FOX, deixei pendente pelas duas ultimas temporadas o walking dead, por falta de tempo, fico a espera que o netflix lance outras temporadas de algumas series que me estavam a prender mas que apenas contam com uma temporada como é o exemplo de ''the rain'' e ''the mist'' , são este estilo de series que gosto e me prendem episodio a episodio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prison Break é o classico dos clássicos. Das melhores series de sempre mano! Já tinha ouvido falar do the rain, até acho que cheguei a ver um ep. Mas é bom ver que agora surgem novas séries sem ser americanas e que têm bastante sucesso!
      Obrigado mano! Abraço

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares