HypeBeast?

Boas pessoal e bem vindos a mais um post!

Hoje venho-vos falar e dar a minha opinião sobre uma tendência que tem vindo a aparecer cada vez mais nos nossos dias.

Todos nós em algum momento já nos cruzámos com aqueles vídeos no YouTube do "Quanto custa o teu outfit?", certo?

Esse tipo de conteúdo surge acompanhado de um movimento, uma cultura, um lyfestyle que é chamado de HypeBeast.
Mas vamos por partes.


O que é o hype?

Então vamos primeiro ao hype no contexto de moda. O hype é "o que está na moda", uma peça de roupa hype é aquela peça mais brutal de todas, é a peça que todos querem, que todos procuram e estamos muitas das vezes a falar de peças raras especialmente casacos, camisolas e sapatilhas.



Hypebeast?

Hypebeasts são o grupo de pessoas, de estilo streetwear, que seguem esta cultura de ter peças raras, caras e muitas vezes de luxo, como é o exemplo dos cintos da Gucci que é um item super luxuoso e durante um tempo todos desta onda hype queriam ter um. Agora a procura tem sido muito por marcas como Supreme e Off White, as malas da Supreme é algo que está muito hype, mas na verdade qualquer item de uma dessas marcas é algo que estas pessoas querem ter e não se importam de pagar muito dinheiro para te-lo. 




O objectivo é pura ostentação, é poderes mostrar que o teu outfit streetwear vale milhares de euros, é poderes mostrar que tens uma hoodie da Supreme que custa mil euros, umas Yeezy super raras ou até um casaco único que surgiu de uma colaboração entre duas marcas. 



No fundo é um estilo streetwear no seu estado extremo, onde muitas vezes não há qualquer tipo de harmonia no outfit, o pensamento é apenas a marca e o quanto ela vale e isso faz como que o outfit acabe com excesso de informação, logos berrantes e com exagero de cores. Eu consigo entender o estilo streetwear e confesso que gosto, mas consigo entender esta cultura hypebeast, não gosto e não defendo porque na minha opinião não deveríamos pagar tanto pelas marcas, pelo simples fato de ter um logo que grita "eu sou o mais caro". Mas como se costuma dizer, há gostos para tudo e só temos que respeitar. 



Respeitem todas as pessoas como elas são!

Digam ai nos comentários o que vocês acham sobre esta onda e se querem que eu escreva sobre outras trends do momento!

Fiquem por ai,
Fábio Capitão

Comentários

  1. Não sou muito de modas, mas claro que há certas roupas que me chamam a atenção, e sou da mesma opinião que as marcas mais caras não deveriam ser assim tão caras porque muitas delas usam até mão de obra infantil, mão de obra a custo zero, daí não entender como podem ir até aqueles valores, mas o mercado está assim, e quanto a isso não podemos fazer nada., Continua mano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente mano, tambem é ai que nao concordo! Porque cada um é livre de usar o que quer. Obrigado pela força

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares